A Martinica é uma ilha em formato oval no mar do Caribe que constitui um departamento ultramarino (um tipo de província) da França. Fort-de-France é a capital e a maior cidade da Martinica. A ilha tem uma área de 1.128 km2 e sua população é de 381.000 habitantes (estimativa de 2014).

Geografia

A Martinica faz parte do grupo de ilhas chamado Antilhas. Dominica fica ao norte, e Santa Lúcia, ao sul. Rios curtos descem das montanhas da ilha. O pico mais elevado é o monte Pelée, um vulcão ativo. A Martinica tem clima quente e úmido, com uma estação chuvosa todos os anos. Às vezes a ilha é atingida por furacões.

Flora e fauna

As florestas cobrem quase a metade da Martinica. Palmeiras, jacarandás, seringueiras-brancas e mognos são árvores comuns. Samambaias e orquídeas crescem nas baixadas. O litoral sul tem manguezais. Entre os poucos animais da ilha existem mangustos, cobras, coelhos e aves.

População

A maioria da população da Martinica descende da mistura de ancestrais negros, brancos e asiáticos. Existem pequenos grupos de franceses brancos e indianos. Uma versão local da língua francesa e o próprio francês são os principais idiomas. A maioria das pessoas professa o catolicismo. Quase toda a população mora nas cidades ou em pequenos núcleos urbanos.

Economia

O turismo é o setor mais importante da economia da Martinica. As indústrias fabricam cimento, açúcar, rum e produtos derivados de petróleo. As principais plantações são de cana-de-açúcar e de banana.

História

Os índios aruaques foram os primeiros colonizadores da Martinica, mas os caraíbas os expulsaram da ilha. Cristóvão Colombo visitou a Martinica em 1502, mas uma colônia só viria a ser estabelecida na ilha em 1635, pelos franceses. Eles trouxeram escravos africanos para trabalhar nas plantações de cana-de-açúcar. A escravidão finalmente terminou em 1848.

Em 1946, a Martinica tornou-se um departamento ultramarino francês. Além dos legisladores locais, o povo da ilha elege outros para representá-lo nos órgãos legislativos da França.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.