País do noroeste da África, a Mauritânia fica no imenso deserto do Saara. Sua capital é Nouakchott. O país tem 3.664.000 habitantes (estimativa de 2014) e sua área é de 1.030.700 km2.

Geografia

A Mauritânia faz fronteira com o Saara Ocidental, a Argélia, o Mali e o Senegal. O rio Senegal forma parte da fronteira sul do país; o oceano Atlântico fica a oeste. A maior parte do território fica pouco acima do nível do mar. Dunas de areia cobrem aproximadamente metade da Mauritânia. O clima é quente e seco.

Flora e fauna

O norte da Mauritânia é um deserto com poucas plantas. A savana, no sul, tem baobás e palmeiras. Leões, elefantes, gazelas, avestruzes e panteras vivem ali.

População

A maioria dos habitantes é moura, descendente de árabes e berberes (os habitantes originais do norte da África). Africanos negros compõem o restante da população. O árabe é o idioma oficial, mas o fulani, o soninquê, o uolofe e o francês também são comuns. O islamismo é a religião oficial.

É no sul do país que vive a maioria da população da Mauritânia, sendo que mais da metade mora nas zonas urbanas. Muitas pessoas, porém, ainda mantêm vida nômade.

Economia

A mineração e a exportação de ferro são importantes para a economia da Mauritânia, que também exporta peixes e outros animais marinhos, com destaque para polvos. Reservas de petróleo foram descobertas no país em 2001.

Na agricultura, é feito o cultivo do arroz, do painço, do sorgo, de favas e de tâmaras. Há criação de ovelhas, de cabras, de gado bovino e de camelos.

História

Pastores africanos negros e berberes nômades do Marrocos foram os primeiros habitantes da atual Mauritânia. Tribos árabes invadiram a área no século XV. A França fundou povoados na região no século XIX. Em 1920, a Mauritânia foi transformada em colônia francesa. O país obteve a independência em 1960 e foi governado intermitentemente por militares até 1992. Nesse ano, o país realizou eleições democráticas. Os militares voltaram a tomar o poder em 2005 e em 2008, porém, nas duas ocasiões, eleições ocorreram logo em seguida.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.