Meca é uma cidade da Arábia Saudita, um país do Oriente Médio, na Ásia. Foi lá que nasceu Maomé, o fundador do islamismo, ou islã. No mundo inteiro, muçulmanos se viram na direção de Meca para rezar cinco vezes por dia. Por ser a cidade mais sagrada para os muçulmanos, só os seguidores do islamismo podem entrar em Meca.

Desde que tenha condições financeiras e de saúde, todo muçulmano deve fazer, pelo menos uma vez na vida, uma peregrinação (viagem de caráter religioso) a Meca. Os peregrinos vão à Grande Mesquita, em cujo pátio fica a Caaba, uma pequena construção que abriga a Pedra Negra, considerada sagrada. Segundo a tradição, a pedra foi dada a Adão, o primeiro homem, quando ele foi obrigado a deixar o paraíso.

A visita anual de milhões de peregrinos movimenta a economia de Meca. Muitos moradores trabalham fornecendo alimentos, hospedagem e outros serviços para os visitantes.

Antigamente, Meca ficava em meio a uma importante rota de comércio. Em 630, Maomé declarou Meca um lugar de peregrinação muçulmana. Maomé nasceu na cidade por volta de 570.

Meca fez parte do Império Otomano durante séculos, de 1517 até 1918. Pouco tempo depois, passou a integrar a Arábia Saudita. A cidade tem 1.591.000 habitantes (estimativa de 2011).

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.