Mikhail Gorbatchev foi o último líder da União Soviética, um país que hoje não existe mais. Seus esforços para mudar o país ajudaram a provocar a dissolução da União Soviética, em 1991.

Mikhail Sergueievitch Gorbatchev nasceu em 2 de março de 1931, em Privolie, no sudoeste da Rússia, que naquela época fazia parte da União Soviética. O Partido Comunista governava o país, e outros partidos políticos não eram permitidos. Gorbatchev ingressou no Partido Comunista em 1952. Em 1955, formou-se em direito pela Universidade Pública de Moscou.

Gorbatchev fez carreira no Partido Comunista. Em 1985, tornou-se secretário-geral do partido. Isso o transformou no líder da União Soviética.

Quando Gorbatchev tomou posse, o país possuía um regime político muito rigoroso. As pessoas não tinham permissão para expressar suas opiniões abertamente. A União Soviética estava em conflito com outros países, principalmente com os Estados Unidos. Com o tempo, Gorbatchev começou a fazer mudanças. Ele permitiu mais liberdade de opinião e também melhorou as relações entre a União Soviética e outras nações.

As mudanças de Gorbatchev levaram a um resultado inesperado: o fim do domínio comunista. Os comunistas governavam vários países em volta da União Soviética, e suas populações também começaram a exigir mudanças. Por fim, seus governos também acabaram caindo. Na própria União Soviética, Gorbatchev permitiu que, pela primeira vez, fossem realizadas eleições com a participação de outros grupos políticos.

Muitas pessoas elogiaram Gorbatchev pelas mudanças que ele promoveu. No entanto, alguns comunistas se opuseram ao seu governo. Em agosto de 1991, um grupo deles tentou tomar o controle do governo à força. O golpe fracassou, mas a posição de Gorbatchev havia enfraquecido. Em 25 de dezembro de 1991, ele renunciou à presidência. No final daquele ano, a União Soviética deixou oficialmente de existir.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.