Na Antiguidade, a Núbia era uma região do nordeste da África. Seu vizinho ao norte era o antigo Egito. O Egito governou a Núbia por milhares de anos. A partir do século VIII a.C., porém, o reino núbio de Kush (ou Cuche) governou o Egito por um período breve. A região ocupada pela Núbia corresponde atualmente aos países Egito e Sudão.

Na Antiguidade, a Núbia fazia fronteira com o mar Vermelho a leste e com o deserto da Líbia a oeste. Ao sul, ela se estendia até a atual Cartum, no Sudão. Chovia muito pouco na região, mas os camponeses utilizavam a água do rio Nilo para irrigar as plantações. A terra era rica em ouro e pedras preciosas. Os habitantes da Núbia eram africanos negros.

Pouco depois do ano 3000 a.C., o Egito dominou a Núbia. Em algum momento após 2181 a.C., imigrantes da Líbia chegaram à Núbia, vindos do oeste, e se fixaram nas margens do Nilo, vivendo como pastores de gado. Esses imigrantes desenvolveram uma civilização própria, com artesanato e arquitetura singulares.

O Egito acabou dominando a Núbia outra vez. No século XV a.C., o faraó (rei egípcio) Tutmés I dividiu a Núbia em duas partes. A parte norte tornou-se Wawat, e a parte sul, Kush.

Kush começou a se fortificar por volta do ano 1000 a.C. Mais ou menos em 715 a.C., os habitantes de Kush, chamados cuchitas, já tinham conquistado o Egito inteiro. Pouco depois, foram expulsos pelos assírios, da Ásia. Os cuchitas retornaram à Núbia, e a dominaram por quase mil anos. Por volta de 350 d.C., o reino de Aksum dominou Kush.

No final do século V d.C., havia três reinos cristãos na Núbia: Nobatia, Macuria e Alodia (também conhecida como Álua). Árabes muçulmanos dominaram o Egito no século VII d.C., mas só conquistaram os reinos núbios séculos mais tarde. O reino de Alodia só caiu por volta do ano 1500.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.