Ouro Preto é uma cidade histórica do estado de Minas Gerais. Muito antiga, foi lá que, em 1789, aconteceu a Inconfidência Mineira, um movimento contra o domínio da coroa portuguesa. A cidade tinha outro nome: Vila Rica. Ouro Preto foi declarada Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) em 1980.

História

No final do século XVII, bandeirantes descobriram ouro no rio Tripuí. Mas, curiosamente, as pedras eram negras, uma vez que o ouro da região era recoberto por uma fina camada de óxido de ferro. Daí surgiu a expressão “ouro preto”. A perspectiva de muitas riquezas atraiu muita gente para a região.

O primeiro grupo a chegar, em 1689, foi a bandeira de Antônio Dias. Ele fundou um pequeno arraial, que daria origem ao povoado. Trinta anos mais tarde, o chamado Arraial das Minas já contava com mais de 40 mil habitantes, a maior aglomeração de pessoas em toda a América Latina no período. Na época, fazia parte da capitania de São Paulo.

Os conflitos não demoraram. Entre 1707 e 1709, paulistas e portugueses lutaram a Guerra dos Emboabas, disputando o direito de posse das terras e das minas. Em 1711, o arraial foi elevado à condição de vila, com o nome de Vila Rica de Albuquerque. O crescimento da região permitiu que, em 1720, Minas Gerais se tornasse uma capitania separada de São Paulo, e Vila Rica foi designada sua capital.

O fausto dominou a cidade até 1750, quando o ouro começou a escassear. A coroa portuguesa passou a intensificar a fiscalização e novos conflitos surgiram, resultando na Inconfidência Mineira, em 1789.

No início do século XIX, a extração do ouro entrou em decadência definitiva. Em 1823, Vila Rica foi elevada à condição de cidade e teve seu nome mudado para Ouro Preto. Foi capital da província de Minas Gerais até 1897, ano da fundação de Belo Horizonte.

Cidade de estudantes

Em 1839, foi fundada a Escola de Farmácia, a primeira dessa disciplina no Brasil. E, em 1876, foi fundada a Escola de Minas de Ouro Preto, a primeira dedicada ao estudo de minerais, de metais e de pedras. Começava a nascer, aí, um novo perfil para a cidade, com jovens vindos do Brasil todo, que fundavam as chamadas repúblicas estudantis como moradia.

O futuro presidente brasileiro Getúlio Vargas e o cientista Carlos Chagas foram alunos dessa escola, que se transformou numa das mais importantes na área da engenharia no Brasil.

Em 1969, foi fundada a Universidade Federal de Ouro Preto, que incorporou a Escola de Minas e a Escola de Farmácia.

No século XX, a cidade encontrou também sua vocação turística, por conta de sua arquitetura colonial bem preservada, de seus museus e de suas igrejas. Os eventos religiosos realizados na Semana Santa são famosos e atraem muitos turistas.

Ouro Preto possui, atualmente, uma população de 69.495 habitantes (estimativa de 2009).

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.