A Páscoa é o dia mais sagrado do ano para os cristãos. Ela celebra a crença dos cristãos na ressurreição (o retorno da morte à vida) de Jesus Cristo. Jesus foi o fundador da religião do cristianismo. A Páscoa sempre é celebrada em um domingo, que pode cair em março ou abril, pois é uma data móvel regida por outras comemorações da cristandade.

A semana que antecede o Domingo de Páscoa é conhecida como Semana Santa. Durante esse período, os cristãos relembram os acontecimentos que acreditam ter ocorrido na época da morte de Jesus. O Domingo de Ramos recorda a entrada de Jesus em Jerusalém, pouco antes de sua morte. A Quinta-Feira Santa é o dia da Última Ceia de Jesus com seus discípulos, ou seguidores. A Sexta-Feira Santa marca a crucificação, quando Jesus foi morto pregado a uma cruz. Os cristãos acreditam que Jesus retornou à vida no terceiro dia após sua morte. Assim, a Páscoa, que significa “passagem”, em hebraico, representa a celebração da vida nova.

Na Páscoa os cristãos participam de missas especiais nas igrejas. Vários costumes folclóricos populares também estão associados a essa festa. Eles têm relação com coelhos e ovos coloridos, que são símbolos antigos da renovação da vida. Em alguns países, as crianças pintam ovos com cores vivas, e então os ovos são escondidos para que elas os procurem. De acordo com a tradição, em vários países o coelhinho da Páscoa costuma deixar ovos e chocolates para as crianças na manhã desse domingo festivo.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.