Praga é a capital da República Tcheca, um país na Europa central. É a maior cidade do país e fica à beira do rio Vlatva (ou Moldava).

É uma cidade linda, valorizada por sua arquitetura e pela vida cultural, que tem muitas igrejas e palácios históricos. Seu ponto de referência mais famoso é o antigo castelo de Hradcany. Há, também a Ponte Carlos, de pedra, que foi construída no século XIV. A Universidade Carlos, a mais antiga da Europa central, é da mesma época.

Todos os anos, na primavera, Praga sedia um festival internacional de música clássica. A cidade tem duas orquestras de categoria internacional e muitos teatros.

Economia

As indústrias de Praga são muito importantes para a economia do país. Elas produzem máquinas, produtos alimentares, químicos e eletrônicos. A indústria gráfica e os setores ligados à engenharia também são bem desenvolvidos. A maioria da população da cidade trabalha no setor de serviços, principalmente nas áreas de turismo, bancos e comércio.

História

A história de Praga remonta ao século IX. No século X, os líderes de um país que se chamava Boêmia decidiram transformar Praga em sua capital. A cidade tornou-se um dos maiores centros culturais e comerciais europeus. A família austríaca dos Habsburgos, que constituiu uma dinastia, assumiu o controle de Praga e de toda a Boêmia no século XVI.

Em 1918, foi criado na Europa um país independente chamado Tchecoslováquia. Praga era sua capital.

Durante a Segunda Guerra Mundial, de 1939 a 1945, soldados alemães mantiveram o controle sobre Praga. Poucos anos mais tarde, a Tchecoslováquia tornou-se um país comunista. Em janeiro de 1968, a cidade começou a viver um período de liberalização política e renascimento da atividade cultural, que se estendeu até agosto e ficou conhecido como “Primavera de Praga”. Foi sufocado pela União Soviética e por tropas dos países do Pacto de Varsóvia (tratado militar de países sob domínio soviético), que invadiram o país para garantir que continuasse sob o regime comunista. Em 1989, os cidadãos da cidade voltaram à carga e promoveram grandes protestos contra o comunismo. No que ficou conhecido como Revolução de Veludo, por ser um movimento pacífico, a Tchecoslováquia saiu do regime comunista.

Em 1993, o país se separou em dois, a República Tcheca e a Eslováquia. Praga tornou-se a capital da República Tcheca. Sua população é de 1.257.158 habitantes (estimativa de 2011).

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.