O Qatar é um pequeno e próspero país do Oriente Médio, na Ásia. É um emirado, isto é, um país governado por um líder denominado emir. Sua capital é Doha. A população do Qatar é de 2.152.000 habitantes (estimativa de 2014) e sua superfície é de 11.607 km2.

Geografia

O Qatar situa-se numa pequena península da costa leste da Arábia Saudita. O golfo de Barein separa o país do Barein, a oeste. O golfo Pérsico fica ao norte e a leste.

O território do Qatar é principalmente um deserto plano e baixo. O clima é quente durante o verão e moderadamente quente no resto do ano. Chove pouco, sendo comuns as tempestades de areia.

Flora e fauna

Pastagens desérticas e arbustos crescem no ambiente seco do Qatar. A fauna local reúne pequenos lagartos, lebres-do-deserto, roedores saltadores chamados gerbos e muitas espécies de aves.

População

Os catarenses (árabes nascidos no Qatar) formam uma pequena parte da população. A maioria dos habitantes do país é de imigrantes que trabalham na indústria petrolífera local. Os maiores grupos de imigrantes são de árabes dos países vizinhos, além de paquistaneses, indianos e iranianos. O árabe é a língua principal. A maior parte da população é muçulmana. Quase todos vivem nos centros urbanos, em cidades ou em vilarejos.

Economia

O Qatar é um país rico por causa de suas reservas de petróleo e de gás natural. O país também fabrica produtos químicos e aço. A área de serviços financeiros é igualmente importante para a economia. Na agricultura, a produção local se resume praticamente às culturas de tâmaras, melões, tomates e abóboras. Os agricultores criam ovelhas, cabras e camelos.

História

Durante séculos, o Qatar foi uma terra de nômades (criadores de gado itinerantes) com pequenas aldeias de pescadores. Depois de 1783, líderes conhecidos como xeques controlaram o país. Em 1868, a família Al-Thani subiu ao poder.

Em 1916, o Reino Unido assumiu o controle dos negócios estrangeiros do Qatar. O país conquistou a independência em 1971. Os emires da mesma família Al-Thani assumiram novamente o poder desde então.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.