Reykjavik é a capital da Islândia, um país europeu situado bem no norte do oceano Atlântico. A cidade fica na baía Faxa e é, de longe, a maior do país.

O nome Reykjavik significa “baía fumegante”, referindo-se ao vapor quente que jorra do chão nos arredores de nascentes de águas quentes. A água bombeada das nascentes é usada para aquecer a cidade.

Os negócios e as indústrias de Reykjavik são muito importantes para a economia da Islândia. A cidade tem um importante porto pesqueiro. A maioria da população trabalha em serviços industriais, como atividades comerciais, bancárias e de atendimento à saúde. As fábricas da cidade processam alumínio, peixes e outros alimentos.

Segundo uma lenda, Reykjavik foi fundada por um viking em 874. Ela permaneceu como um pequeno vilarejo ligado à pesca até o começo do século XX.

A Dinamarca dominou a Islândia no final do século XIV. Em 1786, Reykjavik tornou-se a capital do território. Os legisladores do país se reúnem na cidade desde 1845. Em 1944, a Islândia tornou-se independente, com Reykjavik como capital. A população da cidade é de 120.879 habitantes (estimativa de 2015).

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.