Richard Nixon foi o 37° presidente dos Estados Unidos e o primeiro a renunciar a seu cargo. Ele foi obrigado a deixar a presidência do país em 1974 devido a seu envolvimento no escândalo político que ficou conhecido como Watergate.

Juventude

Richard Milhous Nixon nasceu no dia 9 de janeiro de 1913, em Yorba Linda, no estado da Califórnia. Seu pai, Frank Nixon, era dono de um posto de combustível e de uma mercearia. A mãe, Hannah Milhous, era adepta da religião dos quacres. Nixon ganhou uma bolsa de estudos para a Escola de Direito da Universidade Duke. Depois de se formar, em 1937, retornou à Califórnia para trabalhar como advogado.

Nixon se casou com Thelma Catherine Patricia Ryan, conhecida como Pat, em 1940, e tiveram dois filhos. Nixon entrou para a Marinha dos EUA em 1942 e serviu na Segunda Guerra Mundial.

Carreira política

Depois da guerra, Nixon foi eleito para a Câmara dos Representantes (câmara dos deputados) dos EUA pelo Partido Republicano. Em 1950, conquistou uma cadeira no Senado. Dois anos mais tarde, o Partido Republicano o escolheu para candidatar-se a vice-presidente na chapa de Dwight D. Eisenhower. Ele e Nixon venceram as eleições de 1952 e 1956.

Nixon candidatou-se então a presidente, em 1960, mas perdeu a eleição para John F. Kennedy. Dois anos depois, candidatou-se a governador da Califórnia, e novamente perdeu.

Presidência

Em 1968, o Partido Republicano mais uma vez escolheu Nixon como seu candidato à presidência do país. Dessa vez ele venceu, derrotando por margem estreita o candidato do Partido Democrata, Hubert H. Humphrey.

Como presidente, Nixon voltou sua atenção às questões externas, especialmente a Guerra do Vietnã. Em 1969, ele começou a retirar as tropas americanas da zona de conflito. Ao mesmo tempo, porém, bombardeou o Vietnã do Norte e estendeu a guerra aos países vizinhos, Camboja e Laos.

Nixon visitou a China em 1972. Foi uma viagem importante, por se tratar do primeiro encontro dos governos dos dois países em 21 anos. Mais tarde, no mesmo ano, Nixon visitou a União Soviética e assinou vários tratados que limitavam as armas nucleares.

Nixon se reelegeu com facilidade em 1972. Em janeiro do ano seguinte, forçado pela imprensa e pela forte oposição de grande parte do povo americano, assinou os Acordos de Paz de Paris com o Vietnã do Norte, encerrando-se assim a Guerra do Vietnã. Pouco depois, surgiu o escândalo político que ficou conhecido como Watergate.

Watergate

Em junho de 1972, a polícia prendeu cinco homens por terem arrombado a sede nacional do Partido Democrata, situada no edifício Watergate, em Washington, a capital dos Estados Unidos. Dois repórteres do então pequeno jornal Washington Post, Bob Woodward e Carl Bernstein, decidiram pesquisar o assalto à sede do Partido Democrata e descobriram a ligação do fato com a Casa Branca, sede do governo americano. Descobriram que o presidente sabia das operações ilegais. Depois das prisões, Nixon tinha dado ordens secretas a seus subordinados para que acobertassem a participação do Partido Republicano no crime. Os republicanos é que haviam contratado os cinco homens para espionar os democratas.

O Senado começou a investigar o Caso Watergate em 1973. No ano seguinte, surgiram documentos comprovando que Nixon tinha ordenado o acobertamento do ocorrido. A Câmara dos Deputados começou um processo para decretar o impeachment de Nixon, ou seja, tirá-lo do cargo de presidente, acusado de ter cometido crimes. Antes que o impeachment pudesse acontecer, Nixon decidiu renunciar à presidência. Isso aconteceu no dia 8 de agosto de 1974.

O vice-presidente Gerald Ford assumiu a presidência e, com os poderes que o cargo lhe garantia, perdoou Nixon de qualquer crime que tivesse cometido enquanto era presidente.

Afastamento da vida pública

Nixon aposentou-se e foi viver na Califórnia, onde escreveu livros sobre sua vida e sobre questões internacionais. Ele morreu em Nova York em 22 de abril de 1994.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.