Robert E. Peary foi o mais famoso explorador norte-americano das regiões árticas. Ele pode ter sido a primeira pessoa a chegar ao polo Norte.

Robert Edwin Peary nasceu em Cresson, na Pensilvânia, nos Estados Unidos, em 6 de maio de 1856. Ele cresceu no estado do Maine, cursou a faculdade de engenharia e entrou para a marinha norte-americana.

Primeiras explorações

Robert Peary participou de sua primeira expedição, uma viagem exploratória ao Ártico, em 1886. Ele então conheceu Matthew Henson, que havia viajado pelo mundo enquanto trabalhava em um navio. A partir daquele momento, Henson acompanhou Peary em todas as suas expedições. Os exploradores sempre dependeram da ajuda do povo esquimó local.

Em 1892, Peary descobriu a costa norte da ilha da Groenlândia. Com isso ficou provado que o território da Groenlândia não se estendia até o polo Norte. Na verdade, não há terra no polo, apenas gelo flutuante. Na Groenlândia, Peary achou meteoritos, ou seja, pedras que caíram do espaço.

Polo Norte

Peary tentou alcançar o polo Norte várias vezes antes de conseguir chegar lá. Em uma das viagens, perdeu vários dedos do pé por causa do frio extremo. Em 1905 e 1906, ele usou um poderoso navio quebra-gelo para a primeira parte de sua viagem. Dessa vez, chegou mais perto do polo do que qualquer outra pessoa antes dele.

Peary tentou de novo em 1908. Ele, Henson e quatro esquimós (inuítes) fizeram a última parte da viagem em trenós puxados por cachorros e provavelmente chegaram juntos ao polo Norte em 6 de abril de 1909. Algumas pessoas acreditam que Henson chegou ao polo antes de Peary. Mas, por ser negro, Henson sofria preconceito racial, e isso pode ter impedido que ele recebesse crédito por suas conquistas.

Peary se aposentou da marinha em 1911. Ele morreu em 20 de fevereiro de 1920, em Washington, capital dos Estados Unidos.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.