A Romênia (também chamada de Rumânia) é o maior país da península dos Bálcãs, na Europa oriental. O nome Romênia vem do Império Romano, que dominou a região na Antiguidade. Bucareste é sua capital e também a maior cidade. O país tem 19.704.000 habitantes (estimativa de 2014) e sua área é de 238.391 km2.

Geografia

A Romênia tem fronteiras com a Bulgária, a Sérvia, a Hungria, a Ucrânia e a Moldávia. O mar Negro fica a sudeste.

Os montes Cárpatos atravessam o norte do país e rodeiam uma região central denominada Transilvânia. O sul é coberto por planícies. O rio Danúbio forma a fronteira sul.

A Romênia tem temperaturas altas no verão e invernos frios. As regiões montanhosas têm o clima mais úmido, com maior quantidade de chuva e neve.

Fauna e flora

Os Cárpatos são cobertos de florestas. Os carvalhos se espalham pelas encostas mais baixas das montanhas. Faias, pinheiros e abetos ocupam as partes mais altas. As planícies são relvadas, com muitas áreas arborizadas.

A camurça vive no alto das montanhas da Romênia. Ursos-pardos, veados-vermelhos, lobos, raposas, javalis e linces habitam as florestas. Entre os pássaros do país estão a águia, o abutre e o falcão.

População

A maior parte da população é de romenos. Sua língua, o romeno, originou-se do latim, língua do Império Romano. O país tem minorias de húngaros, ciganos, alemães e ucranianos. A maioria dos romenos segue a religião cristã ortodoxa. Mais da metade da população vive nas cidades e áreas urbanas.

Economia

Serviços financeiros, de saúde e de comunicação são importantes para a economia do país. O setor manufatureiro, a mineração e a exploração da madeira também se destacam. As indústrias fabricam máquinas, derivados de petróleo, aço, produtos químicos e roupas. Existem jazidas de carvão, de gás natural e de petróleo.

Muitos romenos vivem da agricultura. Entre os cultivos estão os de trigo, milho, batata e beterraba. Há também vinhedos. Os principais rebanhos são de carneiros e porcos. A pesca também é fonte de alimentação.

História

A região que hoje forma a Romênia era conhecida como Dácia na Antiguidade. O Império Romano dominou a Dácia do ano 106 ao fim do século III. Nos oitocentos anos seguintes, os godos, os hunos e os eslavos, entre outros, invadiram a Dácia. No século XI, os húngaros se apossaram da atual região da Transilvânia.

Formação da Romênia

No começo do século XIV, o povo do sul dos Cárpatos criou um país chamado Valáquia. Os habitantes do leste dos Cárpatos formaram outro país, chamado Moldávia.

Os dois estados logo caíram sob a tutela do Império Otomano (1459), que os dominou por cerca de quatrocentos anos. No século XIX, a Rússia aumentou sua presença na região.

Em 1859, a Valáquia e a Moldávia elegeram um único príncipe para governar os dois países, que formaram o estado independente da Romênia. Em 1918, anexaram a Transilvânia, até então pertencente à Hungria.

O período comunista

A União Soviética dominou a Romênia durante a Segunda Guerra Mundial (1939-1945). Os soviéticos ajudaram a instaurar um governo comunista no país em 1948. O líder Nicolae Ceausescu governou de forma extremamente autoritária durante os anos 1970 e 1980. Em 1989, os governos comunistas dos países vizinhos começaram a cair. Em dezembro do mesmo ano, Ceausescu foi executado pelos militares romenos e seu governo comunista também caiu.

Romênia moderna

A Romênia teve eleições livres em 1990. Os novos dirigentes têm trabalhado para o desenvolvimento econômico do país. Em 2007, a Romênia entrou para a União Europeia. Entretanto, parte dos romenos, principalmente os ciganos, continua na pobreza.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.