Salvador é a capital do estado da Bahia, na região Nordeste do Brasil. Está situada na entrada da baía de Todos-os-Santos. Foi a primeira capital do Brasil. Quem nasce em Salvador é chamado soteropolitano (em grego, “cidade do Salvador” é soteropolis). É uma cidade de cultura rica e variada, com grande ênfase musical.

Locais de interesse

Dividida entre a Cidade Alta e a Cidade Baixa, com poucas ligações entre elas (das quais se destaca o Elevador Lacerda), Salvador é uma cidade histórica. Tem casario antigo, ladeiras estreitas, 20 quilômetros de praias e muitos bairros modernos.

Definido como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, o Pelourinho é um bairro localizado no centro histórico de Salvador. Tem esse nome porque foi ali, no centro da praça, que foi instalado um pelourinho — local em que os escravos eram castigados por seus senhores. Hoje é um dos pontos turísticos mais importantes da cidade, por preservar um conjunto arquitetônico colonial típico do barroco português.

Salvador é a cidade das muitas igrejas, mais de uma centena. Grande parte delas foi construída há mais de dois séculos. A de São Francisco tem os altares recobertos de ouro, sendo uma das mais ricas do Brasil. A de Nossa Senhora da Praia foi construída com pedras que vinham numeradas de Portugal. Na de Nosso Senhor do Bonfim é realizada uma festa anual (na primeira quinzena de janeiro, mas com data móvel) da lavagem das escadarias, num ritual que mistura cultos africanos com o catolicismo.

Outro local de destaque da cidade é o Mercado Modelo, uma das zonas comerciais mais antigas e tradicionais de Salvador.

Economia

Salvador é a cidade economicamente mais desenvolvida da Bahia. Mais de 70 por cento da economia da cidade baseia-se no setor de serviços, onde o turismo tem destaque especial, sendo uma importante fonte de renda para a cidade. As festas atraem grandes multidões, movimentando o ramo hoteleiro, bares, restaurantes e comércio em geral. O Carnaval de Salvador tem destaque no mundo inteiro.

No segmento industrial, o município destaca-se na produção de alimentos processados, de tabaco, têxteis, cerâmicas, automóveis, produtos químicos e metalurgia, além de construção e reparação de barcos.

O porto de Salvador é considerado um dos melhores do país e a cidade é bem servida de transporte terrestre e aéreo.

História

A história de Salvador começa com o desembarque dos portugueses na baía de Todos os Santos, em 1501. O local reunia boas qualidades portuárias e de localização e se tornou referência entre os navegadores que se aventuravam pelo Novo Mundo.

Em pouco tempo, a baía de Todos os Santos era o local mais visitado das novas terras. O rei português dom João III, então, indicou Tomé de Sousa para ser o primeiro governador-geral do Brasil e fundar, naquele local, uma das primeiras cidades portuguesas na América. Em 1549 nascia oficialmente São Salvador da Baía de Todos os Santos. Nos séculos XVI a XVIII, a cidade foi estratégica na defesa e na expansão do domínio português no Brasil; foi capital da colônia de 1549 a 1763.

Um ano após a fundação da cidade, chegaram os primeiros escravos africanos, trazidos da Nigéria, de Angola, do Senegal, do Congo, do Benin, da Etiópia e de Moçambique. A cidade prosperou por conta da atividade portuária, da cultura da cana-de-açúcar e da comercialização de algodão e fumo produzidos no Recôncavo baiano — região em torno da baía de Todos os Santos, englobando a região metropolitana e outros municípios.

Quarenta e cinco anos depois que Salvador deixou de ser a capital do Brasil, foi lá que aportaram os navios que trouxeram a família real portuguesa para o Brasil, no início do século XIX (1808). Para escapar ao domínio francês, com a invasão de Portugal por Napoleão, a sede do governo português foi transferida de Lisboa para o Rio de Janeiro, no Brasil. Durante sua curta estada de apenas 34 dias na cidade, dom João, então príncipe-regente, abriu os portos brasileiros às nações amigas e fundou a primeira faculdade de medicina do país.

Após a proclamação da independência do Brasil, em 1822, Salvador continuou sob o domínio português. Em 2 de julho de 1823, as tropas portuguesas foram finalmente expulsas, e a data passou a ser comemorada anualmente pelos baianos como a da independência.

Salvador conta com uma população de 2.676.606 habitantes e sua região metropolitana, conhecida como Grande Salvador, reúne treze municípios, com 3.574.804 habitantes (censo de 2010).

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.