Santa Lúcia é um pequeno país insular (ou seja, formado por uma ilha) no leste do mar do Caribe, na América Central. Sua capital é Castries. Santa Lúcia tem 172.500 habitantes (estimativa de 2014) e sua área é de 617 km2.

Geografia

Santa Lúcia é uma ilha situada na região das Antilhas. Fica ao sul do território francês ultramarino da Martinica e a nordeste de São Vicente e Granadinas, um arquipélago que constitui um país independente.

Montanhas se estendem de norte a sul pelo meio da ilha. Muitos rios fluem das montanhas para vales profundos. No sudoeste da ilha se encontra o vulcão Qualibou, que solta vapor e gases. O clima de Santa Lúcia é quente e úmido, com chuvas frequentes.

Flora e fauna

As terras mais altas são recobertas de floresta tropical. Nos vales crescem trepadeiras floridas, orquídeas silvestres e samambaias. Entre as coloridas aves da ilha estão papagaios, pintassilgos e papa-figos. Roedores, lagartos e rãs são alguns dos animais mais comuns.

População

A maioria dos santa-lucienses descende de negros africanos. Muitas pessoas são mestiças, tendo origem africana e europeia. A ilha também tem pequenos grupos de brancos e de descendentes de indianos. A maioria das pessoas fala inglês ou uma versão local do francês (francês crioulo). A religião principal é o cristianismo. Mais de metade da população vive na zona rural.

Economia

A economia de Santa Lúcia tem como bases principais o turismo e a agricultura. São cultivados bananas, mangas, cocos, inhame, frutas cítricas e um pouco de cacau. Santa Lúcia também produz roupas, eletrônicos, caixas de papelão e cerveja.

História

Quando os europeus chegaram à ilha, por volta de 1500, Santa Lúcia era habitada por índios caraíbas. Os franceses fundaram sua primeira colônia permanente no local em 1650. França e Grã-Bretanha disputaram o controle da ilha até 1814, quando os britânicos venceram. Os europeus levaram africanos para trabalhar como escravos nas plantações de algodão e cana-de-açúcar.

Santa Lúcia conquistou a independência em 1979 e passou a fazer parte da Comunidade Britânica, um grupo de países que tem relações especiais com a Grã-Bretanha.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.