Tashkent é a capital do Uzbequistão. Polo cultural, científico, industrial e administrativo, é uma das maiores cidades da Ásia central e dispõe de várias universidades e de um aeroporto internacional.

Boa parte da economia local gira em torno do plantio e do processamento de algodão. Muitas fazendas algodoeiras cercam Tashkent, onde há fábricas de tecidos e de máquinas de processamento desse produto agrícola. Há também indústrias alimentícias, de produtos químicos e de aviões.

Tashkent tem mais ou menos 2 mil anos e foi um importante centro de comércio na Antiguidade. Diversos povos, como os turcos, os árabes e os mongóis, dominaram a cidade ao longo da história.

Em 1865, a Rússia conquistou o Uzbequistão e Tashkent logo se tornou a capital regional, mantendo esse estatuto quando foi criada a União Soviética, no início do século XX. Um terremoto destruiu grande parte da cidade em 1966, e ela foi reconstruída.

Com o fim da União Soviética, o Uzbequistão conquistou a independência em 1991. Tashkent permaneceu como capital do país. A cidade tem 1.959.190 habitantes (estimativa de 2007).

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.