Texto sagrado do judaísmo, a Torá é composta pelos primeiros cinco livros da Bíblia hebraica (chamada pelos cristãos de Antigo Testamento). Esses livros se chamam: Gênesis, Êxodo, Levítico, Números e Deuteronômio.

A Torá começa com a história da criação do mundo. Em seguida, explica e interpreta as leis de Deus, incluindo os Dez Mandamentos. Os judeus acreditam que Deus entregou as leis contidas nos cinco livros ao profeta Moisés, no monte Sinai.

Todas as sinagogas (os locais de culto do judaísmo) guardam uma cópia da Torá. A cópia é escrita à mão sobre rolos de pergaminho (folhas feitas de pele animal). Durante a maioria dos cultos nas sinagogas, um membro da congregação lê trechos da Torá. A maioria das sinagogas faz a leitura da Torá inteira ao longo de um ano.

O termo Torá, em hebraico, significa “ensinar” ou “indicar o caminho”. Nesse sentido mais amplo, todos os ensinamentos judaicos — incluindo a Bíblia hebraica, o Talmude e as tradições orais — podem ser considerados parte da Torá.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.