O Turcomenistão é um país desértico da Ásia central. Sua capital é Ashgabat. O país tem 5.307.000 habitantes (estimativa de 2014) e área de 491.210 km2.

Geografia

O Turcomenistão fica na costa sudeste do mar Cáspio. Faz fronteira com o Cazaquistão, o Uzbequistão, o Afeganistão e o Irã.

O arenoso deserto de Karakum cobre a maior parte do território. No sul, encontram-se algumas montanhas e colinas. O canal de Karakum estende-se entre o mar Cáspio e o Amu Daria, um rio no leste. O Turcomenistão tem clima muito seco, com verões quentes e invernos frios.

Flora e fauna

Pastos e pequenos arbustos crescem nas áreas secas. Figueiras e nogueiras crescem junto às montanhas. No deserto vivem raposas, gatos selvagens, cobras, escorpiões, tarântulas, lagartos, gazelas e ratos-da-areia.

População

O nome do Turcomenistão deriva do principal grupo da população, os turcomenos. O país também abriga pequenos grupos de uzbeques, russos e cazaques. A língua dos turcomenos é semelhante ao turco. A maioria dos habitantes do país é muçulmana. O povo vive principalmente nos oásis do sul e ao longo dos rios no leste.

Economia

A economia do Turcomenistão depende da agricultura e da produção de gás natural e petróleo. A lavoura é possível com ajuda da irrigação. As principais culturas são de algodão e de cereais. O povo também cria ovelhas e usa a para fazer tapetes. As manufaturas produzem metais, maquinaria, produtos químicos e tecidos.

História

O Império Parto, do Irã, governou a região em tempos antigos. Turcomenos nômades entraram na área por volta de 1100. As tribos turcomenas lutaram pela terra até o século XIX.

A Rússia conquistou a região em 1881. Em 1925, o Turcomenistão tornou-se parte da União Soviética. Em 1991, conquistou a independência.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.