A União Europeia (UE) foi formada para fortalecer as relações entre os países da Europa, ajudando-os em temas como comércio, segurança e direitos dos cidadãos. Em 2013, a união já tinha 28 países-membros: Alemanha, Áustria, Bélgica, Bulgária, Chipre, Croácia, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Hungria, Irlanda, Itália, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Países Baixos, Polônia, Portugal, Reino Unido, República Tcheca, Romênia e Suécia.

Estrutura

A União Europeia tem cinco setores principais. O Parlamento Europeu elabora as leis, e seus parlamentares são escolhidos pelos eleitores dos países-membros. O Conselho da União Europeia é o principal órgão de tomada de decisões da UE, sendo formado por representantes dos governos dos países-membros. A Comissão Europeia coloca em prática as políticas da UE. A Corte de Justiça faz os julgamentos e a Corte de Auditores se certifica de que o dinheiro da UE seja administrado corretamente.

História

Depois da Segunda Guerra Mundial, os países da Europa ocidental queriam evitar mais guerras. Alguns líderes pensaram que se seus países trabalhassem em conjunto poderiam contribuir para isso.

Em 1952, seis países — França, Alemanha Ocidental, Itália, Bélgica, Holanda e Luxemburgo — formaram a Comunidade Europeia do Carvão e do Aço (CECA). Essa organização dinamizou com sucesso o comércio entre os países que produziam carvão e aço.

Os países da CECA passaram então a procurar novas formas de cooperar. Em 1958, estabeleceram a Comunidade Europeia de Energia Atômica (também chamada Euratom), para produzir energia atômica juntos. Também criaram a Comunidade Econômica Europeia (CEE), que trabalhou para eliminar os impostos e normas que reduziam o comércio na Europa.

A CECA, a Euratom e a CEE se fundiram em 1967 para formar as Comunidades Europeias (CE). Nas décadas de 1970 e 1980, outros países se juntaram à CE. Esse organismo teve tanto êxito em assuntos econômicos que seus membros começaram a trabalhar juntos também de outras maneiras. Em 1991, concordaram em criar a União Europeia. A UE recebeu mais integrantes nos anos que se seguiram.

A moeda (o dinheiro) da UE chama-se euro e começou a ser usada em 1999. A maioria dos países-membros trocou sua própria moeda nacional pelo euro.

Em 2012, a UE foi agraciada com o Prêmio Nobel da Paz pelos esforços da organização em prol da paz, da reconciliação, da democracia e dos direitos humanos na Europa.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.