Urano foi o primeiro planeta a ser descoberto após a invenção do telescópio. Na ordem dos planetas, em relação ao Sol é o sétimo. Ele percorre uma distância aproximada de 2,9 bilhões de quilômetros em torno do Sol.

Características físicas

Urano é o terceiro maior planeta do Sistema Solar. Seu diâmetro (ou seja, a distância entre dois pontos opostos da superfície passando pelo centro) é de 51.000 quilômetros. É quase quatro vezes o diâmetro da Terra. O tamanho de Urano é mais próximo do de Netuno, seu vizinho que vem depois dele.

Urano é um dos planetas chamados gigantes gasosos. É constituído na maior parte de gases, principalmente hidrogênio e hélio. Pequenas quantidades do gás metano dão ao planeta sua coloração azul-esverdeada. Ele não tem superfície sólida. Debaixo das gigantescas camadas de gases, existe uma área menor de líquido denso e quente.

Estreitos anéis circundam Urano. Eles em nada se parecem com os brilhantes anéis de gelo de Saturno. Os de Urano são de uma substância escura fora do comum.

Translação e rotação

Como todos os planetas, Urano faz dois tipos de movimento: translação (órbita em torno do Sol) e rotação (giro em torno de si mesmo). Ele demora aproximadamente 84 anos dos da Terra para completar uma volta ao redor do Sol. Em outras palavras, um ano de Urano é o equivalente a 84 anos terrestres.

Urano dá voltas ao redor de si mesmo de uma forma diferente. Por ser muito inclinado, gira praticamente sobre seu eixo horizontal. Além disso, é um dos únicos planetas do Sistema Solar que giram no sentido horário. A maioria gira para o lado oposto. Sua rotação se completa em quase dezessete horas. Assim, um dia em Urano tem dezessete horas.

Luas

Mais de 25 luas ou satélites giram ao redor de Urano. As cinco principais são: Oberon, Titânia, Ariel, Umbriel e Miranda. Elas parecem ser compostas de gelo e rocha. Algumas têm vales profundos e muitos buracos grandes chamados crateras.

Observação e exploração

Só é possível enxergar Urano a partir da Terra com o uso do telescópio. Foi através de um deles que o astrônomo William Herschel descobriu Urano em 1781. Os anéis do planeta foram descobertos apenas em 1977.

Só uma nave espacial visitou o distante planeta: a nave não tripulada Voyager 2, dos Estados Unidos, em 1986.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.