O Yom Kippur é o dia mais sagrado do judaísmo. É um dia marcado por orações e jejuns. É observado no décimo dia do mês chamado tishrei do calendário judaico, e geralmente cai em setembro ou outubro.

O Yom Kippur é conhecido como “Dia do Perdão”, e seu objetivo é purificar o indivíduo e a comunidade. No Yom Kippur, os judeus são perdoados pelos pecados que cometeram contra Deus e pedem perdão às pessoas contra as quais pecaram. Nenhum trabalho pode ser feito nesse dia, que geralmente é passado na sinagoga, o templo judaico.

Os judeus creem que, no décimo dia do mês tishrei, Moisés desceu do monte Sinai com o segundo conjunto de tábuas contendo os Dez Mandamentos. Esse evento aconteceu quarenta dias depois de os israelitas (o povo judaico) terem cometido o pecado de adorar um bezerro de ouro, em vez de orar a Deus. Moisés disse aos israelitas que eles tinham sido perdoados. Desde então, o dia passou a ser comemorado como o “Dia do Perdão”.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.