O aço é um metal rígido que tem as mais diversas aplicações: em carrocerias de automóveis, pontes, estruturas de edifícios, contêineres etc. Esses são apenas alguns exemplos de coisas feitas de aço.

O aço é basicamente ferro misturado com um pouco de carbono. No entanto, ele é melhor que o ferro em muitos aspectos. O aço é mais forte e, ao mesmo tempo, mais leve do que o ferro. Além disso, dura mais.

Para fazer aço, o ferro é aquecido até derreter. Então, acrescenta-se carbono ao ferro líquido. Outros materiais às vezes também são adicionados para fazer tipos diferentes de aço. Quando é acrescentado cromo, ele passa a se chamar aço inoxidável, que não enferruja nem mancha. Depois, são usadas máquinas para resfriar o aço líquido e para transformá-lo em barras, placas ou folhas. O aço, resfriado e endurecido, é então usado na fabricação de produtos.

O aço foi feito pela primeira vez por volta de 1400 a.C. Os povos da Antiguidade aqueciam o ferro dentro de uma pilha de carvão em brasa. Isso adicionava carbono ao ferro. O resultado não era o mesmo que se obtém atualmente, mas ficava mais resistente do que o ferro comum.

No século XIX, começaram a ser usados fornos imensos para produzir grandes quantidades de aço. No final desse século, passou-se a usar aço na construção dos primeiros arranha-céus e de pontes grandes e modernas. No século XX, novas técnicas simplificaram a produção desse material. O aço ainda é um dos materiais de construção mais usados no mundo.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.