A ambulância é um veículo usado para socorrer e transportar pessoas que estão doentes ou machucadas. Em geral as ambulâncias são furgões com o teto elevado e longas o suficiente para que o paciente possa ser transportado deitado. Normalmente, elas levam os pacientes para o hospital.

As pessoas que trabalham nas ambulâncias, chamadas de paramédicos, são especialmente treinadas para atender emergências médicas. Os paramédicos prestam socorro imediato e acompanham as pessoas doentes ou acidentadas até o hospital.

As ambulâncias têm muitos equipamentos usados para transportar e tratar os pacientes. Entre os equipamentos de transporte estão as macas e as tábuas de imobilização. Os equipamentos médicos ajudam a prestar os primeiros socorros em casos como problemas respiratórios, ataques cardíacos, fraturas e queimaduras.

As grandes cidades têm centenas de ambulâncias. Elas podem ser propriedade pública ou pertencer a hospitais particulares e serviços médicos de emergência privados. Em meio ao trânsito intenso, a sirene é usada para pedir passagem. As ambulâncias têm prioridade no trânsito. No Brasil, o Código Nacional de Trânsito considera infração não dar passagem para veículos de socorro. O motorista pode ser multado e ganhar pontos na carteira.

As ambulâncias são facilmente identificáveis. No Brasil, geralmente são brancas e apresentam uma cruz vermelha ou o símbolo conhecido como estrela da vida (uma espécie de estrela de seis pontas com uma serpente e um bastão no centro). O carro-resgate do Corpo de Bombeiros, que pode prestar serviços de ambulância, é da cor vermelha.

Alguns lugares usam aviões ou helicópteros como ambulância. Essas ambulâncias aéreas têm os mesmos equipamentos que as terrestres. Elas podem chegar até pessoas que estão em lugares de difícil acesso ou muito distantes, além de transportar os pacientes mais rápido que os veículos terrestres.

A maioria das ambulâncias foi desenvolvida durante períodos de guerra. No começo do século XIX, o exército francês usava carroças de duas rodas puxadas a cavalo para transportar os soldados do campo de batalha até o hospital. Na década de 1860, os hospitais públicos começaram a manter suas próprias ambulâncias puxadas a cavalo. A primeira ambulância motorizada foi construída em 1899. Durante a Primeira Guerra Mundial (1914–18), um avião foi usado como ambulância pela primeira vez. Os helicópteros serviram de ambulância pela primeira vez durante a Guerra da Coreia (1950-1953).

No Brasil, muitas regiões são atendidas pelo SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), que conta com ambulâncias e também com “motolâncias” e “ambulanchas”. Esse serviço é prestado pelo governo federal em parceria com os estados e os municípios. Para acionar o SAMU em caso de emergência basta ligar 192. A ligação e o serviço são gratuitos.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.