O dinossauro de couraça conhecido como anquilossauro tinha, na ponta da cauda, uma espécie de porrete grande, constituído de ossos. Pertencia a uma família de dinossauros herbívoros que andava sobre quatro patas e era protegida por uma pesada carapaça. Seu nome também é conhecido pela variante “ancilossauro”.

Quando e onde viveu o anquilossauro

O anquilossauro viveu entre 70 e 65,5 milhões de anos atrás. Muitos fósseis foram achados na América do Norte (no Canadá e nos estados de Montana e Wyoming, nos Estados Unidos). Ele habitou áreas que eram ricas em vegetação, quase sempre próximas a lagos e rios.

Características físicas

O anquilossauro podia medir até 10 metros de comprimento por 1,2 metro de altura e pesava mais de 4 toneladas. Tinha o corpo inteiramente coberto por placas ósseas. A cabeça era larga e pequena, as mandíbulas tinham pouca força e os pés eram largos. As duas patas traseiras eram mais longas que as dianteiras.

Comportamento

O anquilossauro se alimentava de plantas rasteiras e arbustos. Movimentava-se com lentidão. Para se proteger, só contava com a armadura óssea que lhe cobria o corpo. Como a maioria dos dinossauros, era ovíparo – ou seja, se reproduzia botando ovos.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.