A antena é um aparelho usado em sistemas de transmissão e recepção de ondas eletromagnéticas, isto é, em que há interação de ondas elétricas e magnéticas. Elas estão presentes em sistemas de rádio, de televisão e de radar.

As primeiras antenas foram desenvolvidas pelo físico alemão Heinrich Hertz, em 1886. Em geral elas são feitas de metal.

Uma antena pode ser configurada somente para receber ou para transmitir sinais, mas também pode desempenhar as duas ações.

Além disso, as antenas podem ser usadas para transmitir em frequências específicas. Assim, emissoras de rádio AM transmitem sinais em frequências de 535 a 1605 kHz (quilohertz). Nesse caso, os comprimentos de onda atingem centenas de metros, facilitando sua chegada às antenas. Por sua vez, emissoras de rádio FM operam na faixa de 88 a 108 kHz (quilohertz), cujo comprimento de onda não passa dos 3 metros. Por isso as dimensões da antena devem ser bem estudadas e ajustadas, para que a recepção do sinal não fique prejudicada.

Existem diferentes tipos de antenas, com formas variadas, para atender a diferentes necessidades. Um exemplo é a parabólica, que é um tipo de antena refletora. As antenas refletoras utilizam discos parabólicos que captam sinais vindos das mais diversas direções e os refletem, dirigindo-os para o seu centro, da mesma forma que os raios luminosos são captados pelos espelhos parabólicos dos telescópios.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.