Os macacos antropoides, que não têm rabo, são os animais mais semelhantes ao ser humano. “Antropoide” significa “que se parece com um homem”. Algumas classificações incluem o próprio homem no grupo dos antropoides. Homens e macacos antropoides pertencem ao grupo de animais que os cientistas chamam primatas. As demais espécies de macacos também são primatas, mas os antropoides são diferentes deles em muitos pontos. Por exemplo, os antropoides têm um cérebro mais complexo. As outras espécies de macacos têm rabo; os antropoides, não.

Os macacos antropoides estão divididos em duas categorias: os grandes antropoides, ou antropoides superiores, e os pequenos antropoides, antropoides inferiores. Gorilas, orangotangos, chimpanzés e bonobos são antropoides superiores. Eles são maiores e mais inteligentes que os antropoides inferiores. Os gibões, grandes macacos da Malásia, são antropoides inferiores.

Onde vivem os antropoides

Os antropoides vivem nas quentes florestas tropicais da Ásia e da África. Gibões e orangotangos são encontrados no sudeste da Ásia. Gorilas e chimpanzés vivem no oeste e no centro da África. Bonobos concentram-se em um espaço mais limitado: são encontrados somente em parte da República Democrática do Congo, um país da África central.

Gibões e orangotangos preferem viver nas árvores. Já os gorilas passam a maior parte do tempo no chão. Chimpanzés e bonobos costumam comer e dormir nas árvores, mas para se deslocar preferem o chão.

Características físicas

Os menores antropoides são os gibões. A maioria deles não tem mais do que 40 a 65 centímetros de altura. Já os gorilas são os maiores. Eles podem chegar a 1,70 metro de altura e pesar entre 135 e 275 quilos.

Todos os antropoides têm o corpo coberto de pelos, geralmente marrons, pretos, cinza, amarronzados ou avermelhados. Eles possuem braços longos e pernas curtas. Gorilas, orangotangos e chimpanzés costumam ter braços fortes e peito largo. Bonobos e gibões são mais esbeltos. Como os seres humanos, todos os antropoides possuem polegares que podem se dobrar para encontrar os demais dedos, o que lhes permite segurar objetos com facilidade. Os dedões do pé fazem a mesma coisa.

Comportamento

Os antropoides costumam fazer todas as suas atividades durante o dia. À noite, eles normalmente dormem nas árvores. Todos eles, com exceção dos gibões, constroem ninhos para dormir.

Muitos antropoides vivem em grupo. Chimpanzés e bonobos são os mais sociáveis, formando grupos que podem chegar a mais de cem animais. Já os orangotangos machos preferem viver sozinhos.

Os antropoides comem principalmente vegetais: frutas, folhas, talos e sementes. De vez em quando, porém, comem insetos ou outros pequenos animais. Os chimpanzés também caçam e matam outros macacos e alguns mamíferos para comer.

Os grandes antropoides são muito inteligentes. Alguns chimpanzés e orangotangos utilizam gravetos, pedras e outros objetos como ferramenta. Alguns chimpanzés, por exemplo, cutucam formigueiros com um graveto, puxam-no e comem os insetos que saem agarrados a ele. Cientistas estão estudando em laboratórios e zoológicos as habilidades dos antropoides para aprender. Eles ensinaram alguns grandes antropoides a se comunicar usando a linguagem dos sinais ou cartelas de símbolos. Contudo, nem todos os cientistas concordam em que eles tenham realmente aprendido a usar a linguagem.

Reprodução

Entre os antropoides, a reprodução é semelhante à reprodução humana. Uma antropoide fêmea geralmente dá à luz após sete a nove meses de gravidez. Normalmente, tem um único filhote de cada vez. Gêmeos são muito raros. Os bebês antropoides são praticamente indefesos durante os primeiros meses de vida. Os antropoides adultos podem cuidar dos seus filhotes por muitos anos.

Ameaçados

Muitos tipos de antropoide estão ameaçados ou mesmo em risco de extinção na natureza. Seres humanos cortam as árvores das florestas em que eles vivem, destruindo seu habitat. Há também pessoas que matam macacos para comer. Contudo, cresce o número dos que se preocupam em salvá-los. Alguns países têm parques nacionais específicos para proteger os antropoides e seus habitats. Há leis tornando ilegal a caça ou a captura de antropoides ameaçados.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.