A ariranha é um mamífero carnívoro, da mesma família da lontra, só que maior. Vive nas regiões da bacia Amazônica, no rio São Francisco, na alta bacia dos rios Paraguai e Paraná, e também no Pantanal, à beira de rios e lagoas. Prefere os locais com as margens expostas, onde consegue escavar suas tocas.

As ariranhas podem atingir 2,40 metros de comprimento. Têm olhos grandes, orelhas pequenas e focinho com bigodes. O corpo é cheio de pelo aveludado de cor marrom. Algumas têm manchas brancas abaixo do pescoço. Sua cauda é longa e achatada.

Em geral as ariranhas vivem em bandos de cinco a nove membros. Seu alimento básico são os peixes, mas também podem comer crustáceos, moluscos ou outros vertebrados, como cobras e filhotes de jacarés.

Seu período de gestação varia de 65 a setenta dias. As ariranhas defendem os filhotes atacando ferozmente em grupo.

A poluição dos rios e a caça, por causa de sua pele, colocam a ariranha na lista das espécies ameaçadas de extinção.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.