“Astronauta” é uma expressão derivada das palavras gregas que significam “estrela” e “marinheiro”. Os astronautas são as pessoas que já viajaram para o espaço, fora da atmosfera da Terra, a bordo de uma nave ou satélite artificial. Os astronautas da União Soviética ou da Rússia também são conhecidos como cosmonautas (das palavras gregas para “universo” e “marinheiro”). A China chamou seus viajantes espaciais de taiconautas (da união da palavra chinesa que significa “espaço” com a palavra grega para “marinheiro”). Seu trabalho tem sido muito importante para a exploração do espaço.

Até o início de 2010, 508 pessoas de 38 países viajaram ao espaço; 456 desses viajantes espaciais foram homens e 52 foram mulheres. O mais longo período passado em uma missão no espaço foi de 438 dias, a bordo da estação espacial russa Mir, pelo cosmonauta Valeri Pliakov, entre 1994 e 1995. Dois astronautas americanos, Franklin Chang-Díaz e Jerry Ross, fizeram sete voos espaciais, o maior número de viagens ao espaço feito por qualquer pessoa. O ser humano mais jovem a ir ao espaço foi o russo Guerman Titov, que tinha 25 anos quando participou da missão Vostok 2, em 1962. O mais velho astronauta foi John Glenn, que tinha 77 anos quando voou no ônibus espacial, em 1998.

Vinte e um viajantes espaciais — quatro cosmonautas russos e 17 astronautas americanos — morreram durante atividades relacionadas ao voo. Em janeiro de 1968, a tripulação de três homens morreu durante um teste de solo da primeira espaçonave Apollo. Em abril de 1967, um cosmonauta morreu durante a reentrada de sua cápsula espacial Soiuz na atmosfera terrestre; em junho de 1971 a situação se repetiu, mas dessa vez foram três os cosmonautas a morrer durante a reentrada da Soiuz em que estavam. Em janeiro de 1986, a tripulação de sete astronautas morreu quando o ônibus espacial americano Challenger explodiu pouco depois de decolar. E, em fevereiro de 2003, mais três astronautas perderam a vida quando a nave Columbia desintegrou-se na reentrada na atmosfera.

Em fevereiro de 1960, a União Soviética selecionou vinte pilotos de sua força aérea, entre 102 candidatos, para o treinamento de cosmonauta. Essas pessoas também tiveram que passar por restrições em relação a altura (1,70 metro) e peso (70 quilogramas) máximos, por causa do pequeno tamanho da espaçonave soviética Vostok. A identidade do cosmonauta escolhido para o primeiro voo espacial foi mantida em segredo até o momento de ser lançado o foguete que levava o satélite artificial dentro do qual ele viajava. Assim, o russo Iuri Gagarin tornou-se o primeiro ser humano a voar ao espaço, em 12 de abril de 1961, tendo completado uma órbita em torno da Terra.

Os primeiros sete astronautas americanos foram escolhidos para o Projeto Mercúrio, em abril de 1959. Eles foram selecionados entre quinhentos candidatos, todos militares dos Estados Unidos. Exigia-se que cada candidato tivesse experiência como piloto de aviões a jato de alta performance e, por causa das condições limitadas dentro da espaçonave Mercúrio, que não tivesse mais de 1,80 metro de altura e que não ultrapassasse 82 quilos de peso. Em 5 de maio de 1961, Alan Shepard fez um breve voo suborbital (ou seja, apenas foi para fora da atmosfera terrestre e desceu de volta, sem orbitar a Terra), tornando-se o primeiro astronauta americano a ir ao espaço. John Glenn tornou-se o primeiro astronauta americano a orbitar a Terra. em 20 de fevereiro de 1962, dando três voltas em torno do planeta. Em 20 de julho de 1969, o astronauta Neil Armstrong tornou-se o primeiro ser humano a pisar no solo da Lua.

Tanto nos Estados Unidos quanto na União Soviética, nenhuma mulher foi selecionada inicialmente para os treinamentos de voos espaciais. Em 1962, porém, a União Soviética escolheu cinco mulheres como aprendizes de cosmonauta. Uma delas, Valentina Terechkova, viajou num satélite artificial na órbita da Terra em junho de 1963, tornando-se a primeira mulher a ir ao espaço sideral. Já a primeira mulher astronauta dos Estados Unidos foi Sally Ride, que estava a bordo do ônibus espacial Challenger em junho de 1983.

Em 1997, a China escolheu 12 pilotos de teste militares, todos homens, para seu primeiro grupo de aprendizes de taiconautas. O primeiro desse grupo a ir para o espaço, Yang Liwei, fez um voo de catorze voltas em torno da Terra, em outubro de 2003, na nave Shenzhou 5.

Em junho de 1998, o capitão Marcos Pontes foi selecionado pela Agência Espacial Brasileira para integrar a 17a turma de astronautas da NASA (sigla do nome inglês da Agência Espacial Americana, ou, literalmente, Administração Nacional da Aeronáutica e do Espaço). Dois anos mais tarde, Pontes concluiu o treinamento e tornou-se o primeiro astronauta brasileiro. Em 2006, ele decolou a bordo da espaçonave russa Soiuz TMA-8, rumo à Estação Espacial Internacional (EEI, ou ISS, na sigla em inglês).

Durante sua viagem, o astronauta brasileiro realizou dez experimentos (cinco científicos, um tecnológico e dois educativos), além de prestar homenagem ao centenário do primeiro voo de Santos Dumont. Após dez dias no espaço — dos quais oito a bordo da ISS —, Pontes regressou à Terra, pousando no deserto do Cazaquistão.

Até hoje, poucas pessoas que não faziam parte da aeronáutica viajaram para o espaço. Um deles foi o jornalista da televisão japonesa Akiyama Toyohiro, que transmitu da estação espacial Mir em dezembro de 1990. Outros foram o empresário americano Richard Garriott e o artista canadense Guy Laliberté (fundador do Cirque du Soleil), que fizeram breves viagens para a Estação Espacial Internacional a bordo de uma espaçonave russa entre 2001 e 2009. Essas pessoas são chamadas de “turistas espaciais”.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.