Muitas aves que caçam animais para comer são chamadas de aves de rapina. As mais comuns são a águia, o falcão, o abutre, a águia-pescadora, a coruja e o urubu. As aves de rapina podem ser encontradas em todo o mundo.

Excelentes caçadoras, elas costumam ser grandes e fortes. Sua boa visão lhes permite avistar as presas de muito longe. A maior parte das aves de rapina tem garras em forma de gancho e unhas afiadas, que são usadas para segurar e matar as presas. Em geral, as aves de rapina se alimentam durante o dia e dormem à noite. As corujas, no entanto, caçam à noite e dormem durante o dia.

As aves de rapina se alimentam de vários animais diferentes. Algumas comem outras aves, mas também existem as que se alimentam de insetos, peixes, roedores, cobras ou sapos. Algumas poucas espécies comem animais que já estão mortos. O urubu, por exemplo, quase nunca caça animais vivos.

Muitas aves de rapina mantêm o mesmo parceiro por toda a vida. Elas costumam fazer seus ninhos em árvores, penhascos, falésias ou no chão. Normalmente botam de um a quatro ovos. As corujas, no entanto, podem botar até doze ovos de uma vez.

As aves de rapina são úteis para os seres humanos porque comem animais mortos, matam roedores e outros tipos de pragas, além de cobras. Mas algumas pessoas matam essas aves por medo de que comam seus animais de criação. Além disso, as pessoas têm derrubado muitas árvores, reduzindo as áreas onde esses pássaros podem viver e encontrar comida. Produtos químicos usados para matar pragas também têm atingido as aves de rapina. Por isso, muitas espécies correm o risco de ser extintas.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.