O avestruz é a maior ave que existe. Seu nome científico é Struthio camelus. Ele tem asas, mas é uma ave que não voa. No entanto, as asas o ajudam a ser veloz na corrida. Para escapar de predadores e dos seres humanos que o persigam, um avestruz pode atingir a velocidade de 72 quilômetros por hora.

Na África, os avestruzes são facilmente encontrados nas zonas rurais. Algumas pessoas os criam para aproveitar sua carne, seus ovos e sua pele. No Brasil, a partir das duas últimas décadas do século XX, a criação de avestruzes com objetivos comerciais cresceu bastante. É possível encontrar sua carne à venda em alguns supermercados.

O avestruz é uma ave bem alta. Os machos chegam a medir 2,4 metros ou mais. As fêmeas são um pouco menores. O pescoço é responsável por quase metade de sua altura.

A maioria dos machos é preta, com penas brancas nas asas e na cauda. Já a maioria das fêmeas é de cor marrom. A cabeça do avestruz é ligeiramente coberta por pequenas plumas. As pernas são fortes e não possuem penas. Cada perna termina em dois dedos. Essas aves possuem grandes olhos castanhos com cílios bastante grossos.

Com seu bico curto e largo, avestruzes comem grama e outras plantas e, às vezes, também insetos. Essas aves podem passar um longo período sem água.

Os ovos de avestruz são os maiores do mundo. Eles têm cerca de 15 centímetros de comprimento e 13 centímetros de largura. Os filhotes saem dos ovos depois de aproximadamente quarenta dias.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.