O bagre, também chamado de peixe-gato, é um peixe que tem um ou mais pares de antenas, semelhantes aos bigodes de um gato, nos lados da boca. Essas antenas, conhecidas como barbilhões, são detectoras de vibrações e ajudam o peixe a localizar suas presas. Existem cerca de 2.500 espécies de bagres, que são parentes das carpas, das piranhas e dos vairões, peixinhos muito usados como isca.

Os bagres vivem na água doce em todos os continentes, mas há alguns poucos tipos que vivem nos oceanos. Eles podem ser muito grandes. Um dos maiores é o siluro, que pode chegar a 4,5 metros de comprimento e pesar 300 quilos. Já as menores espécies têm em torno de 5 centímetros.

Os bagres não têm escamas. Algumas espécies têm uma espécie de armadura de lâminas de osso. Muitos tipos têm ferrões envenenados em suas costas ou nas laterais.

Os bagres costumam viver próximo ao fundo de rios e lagoas. São mais ativos à noite e se alimentam de quase todos os tipos de animais ou plantas. Algumas espécies constroem ninhos para abrigar seus muitos ovos; já outras carregam os ovos na boca.

Muitas pessoas gostam de pescar bagres para comer, ou apreciam manter os espécimes menores em aquários.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.