Os baiacus são peixes que se inflam ao engolirem água ou ar. Existem cerca de 90 espécies de baiacu. Algumas delas, quando infladas, ficam quase tão redondas quanto uma bola.

Habitat

Os baiacus vivem nas águas quentes e rasas dos oceanos Atlântico, Índico e Pacífico. É comum encontrá-los em torno de recifes de coral.

Características

As espécies maiores podem chegar a 90 centímetros de comprimento, porém a maioria mede menos do que isso. O baiacu anão tem apenas cerca de 2,5 cm de comprimento.

Baiacus têm pele rija e geralmente espinhosa. O baiacu-de-espinho, como o nome sugere, tem espinhos longos no corpo todo. Quando ele se infla, os espinhos se eriçam, da mesma maneira que acontece com o ouriço. Assim como o peixe-papagaio, o baiacu tem dentes fundidos uns nos outros, formando uma estrutura que se assemelha a um bico.

Comportamento

Os baiacus caçam sua comida à noite. Diferentes espécies se alimentam de diferentes seres vivos, incluindo algas e invertebrados. Baiacus maiores utilizam o bico para quebrar a carapaça de caranguejos, moluscos e outras criaturas.

Quando um baiacu pressente perigo, ele engole água. Se estiver na superfície do oceano, pode engolir ar também. O baiacu então se infla, e assim os predadores têm mais dificuldade para abocanhá-lo. Alguns baiacus possuem outro tipo de proteção: um veneno forte o suficiente para matar uma pessoa.

As fêmeas põem seus ovos perto da superfície, mas os baiacus não tomam conta deles nem dos filhotes.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.