A banana é um dos alimentos mais nutritivos e populares do mundo. É uma fruta saborosa que contém muitas vitaminas e pode ser encontrada o ano inteiro.

Onde a banana é cultivada

Os cientistas acreditam que a banana tenha aparecido primeiro nas regiões tropicais da Ásia. Com o passar dos anos, ela se disseminou para outras regiões tropicais úmidas. Hoje se cultiva a banana na África, na Ásia e nas Américas Central e do Sul. Os maiores produtores de banana do mundo são a Índia, o Brasil e o Equador. Outros produtores importantes são a Costa Rica, as Filipinas e a Colômbia. No Brasil, o cultivo de banana ocorre em todos os estados, mas os maiores produtores são a Bahia, São Paulo e Santa Catarina (dados do IBGE).

Características físicas

As bananas crescem na bananeira, planta que muitas pessoas consideram uma árvore, mas que na verdade é uma grande herbácea. As herbáceas não têm tronco de madeira como as árvores, e sim uma haste de consistência mole que parece um tronco. A haste se desenvolve a partir de um rizoma.

A bananeira pode atingir mais de 6 metros de altura. As folhas do alto são bem grandes, chegando a ter entre 3 e 3,5 metros de comprimento. Cada bananeira produz de 50 a 150 bananas. As bananas se agrupam em pencas de 10 a 20 frutas. Normalmente são colhidas ainda verdes, para ser enviadas a diversas partes do mundo.

Cada bananeira produz apenas um cacho de bananas. Depois que ele é colhido, a planta é cortada. Seis meses mais tarde, novos brotos surgem do rizoma.

Existem centenas de tipos de banana, como a banana-d’água, a banana-prata, a banana-ouro, a banana-da-terra e a banana-maçã. Um dos mais populares é a banana-nanica, que, quando madura, é bastante doce.

Usos

As bananas contêm um mineral chamado potássio e são também boa fonte das vitaminas A e C. Normalmente são consumidas frescas, mas também podem ser desidratadas, cozidas ou fritas, além de entrar como ingrediente de tortas, bolos e pães. A banana-da-terra, parente próxima da banana-nanica, não pode ser comida fresca; ela precisa ser frita, assada ou fervida antes de ser consumida.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.