A beterraba é uma hortaliça. Os tipos mais conhecidos de beterraba são: a roxa (a raiz avermelhada que comemos às refeições), a açucareira (branca) e a forrageira, que é dada ao gado. Todas elas são variedades da mesma planta. O nome científico dessa planta, parente do espinafre, é Beta vulgaris.

A beterraba é cultivada na Europa, na Ásia e na América. É uma planta bienal, o que significa que vive dois anos. A raiz se forma no primeiro ano. Na beterraba-roxa a raiz é dura e normalmente redonda, medindo de 2,5 a 10 centímetros de diâmetro. As raízes da beterraba-roxa costumam ser vermelhas ou vermelho-púrpura. A beterraba-açucareira tem raiz branca. A beterraba-forrageira não tem raízes grossas.

No segundo ano, cresce uma haste alta e com folhas na planta da beterraba. Essa haste tem também grupos de pequenas flores verdes que se transformam em frutos marrons.

As folhas da beterraba-roxa são uma boa fonte de vitaminas A e C, e sua raiz é muito apreciada como alimento. No leste europeu, uma sopa de beterraba chamada borcht é bastante popular. A beterraba-forrageira serve principalmente para alimentar o gado.

A beterraba-açucareira é o tipo de beterraba mais valioso. Em 1747, um químico alemão fez pela primeira vez açúcar com ela. Hoje, cerca de um terço do açúcar de todo o mundo vem da beterraba-açucareira.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.