O bicho-preguiça, também conhecido simplesmente como preguiça, é um mamífero de movimentos lentos, que passa a maior parte da vida nas árvores, agarrado aos troncos ou pendurado de cabeça para baixo nos galhos. Vive em florestas tropicais da América do Sul e da América Central. É da mesma família do tatu e do tamanduá.

O bicho-preguiça pode chegar a 69 centímetros de comprimento. Tem pelagem densa e pode tanto apresentar cauda curta como não tê-la. Os pelos geralmente são marrom-acinzentados ou dourados. Às vezes apresenta tons esverdeados por causa de algas que se aderem a seus pelos. As algas o protegem de predadores, uma vez que o ajudam a se confundir com a folhagem das árvores.

Os bichos-preguiça podem ter dois ou três dedos em cada pata. Os dedos têm garras longas e curvas, que eles usam para agarrar-se aos galhos. Os que têm dois dedos passam a maior parte do tempo pendurados nas árvores com as quatro patas. Os de três dedos preferem sentar-se nos galhos, em vez de pendurar-se neles.

O bicho-preguiça é um animal tranquilo e solitário. Dorme a maior parte do dia, pendurado de cabeça para baixo, com a cabeça escondida entre as patas dianteiras. À noite, desloca-se lentamente pelas árvores comendo folhas e frutos. O bicho-preguiça raramente desce ao solo, pois não consegue andar.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.