A borreliose de Lyme, ou doença de Lyme, é causada por uma bactéria que vive dentro de certos carrapatos, responsáveis por espalhar a doença. Os carrapatos se alimentam de sangue e, ao picar uma pessoa, podem transmitir a bactéria causadora da borreliose. No Brasil, essa é uma doença rara, tendo sido diagnosticada pela primeira vez em 1992.

Normalmente, um dos primeiros sinais da doença é uma mancha circular vermelha que costuma aparecer na área picada pelo carrapato. A pessoa pode ter sintomas semelhantes aos da gripe, como febre, dor de cabeça e dores musculares ou nas juntas. Sintomas da fase mais avançada incluem dormência nos pés e nas mãos, confusão mental e dificuldade de concentração. Não há registros dessa fase mais grave no Brasil.

A borreliose de Lyme pode ser tratada com antibióticos, um tipo de medicamento que mata bactérias. Se a pessoa não for tratada no início, a doença pode ficar mais difícil de curar.

O melhor jeito de prevenir a borreliose de Lyme é evitar o contato com carrapatos. Se um deles se grudar na pele, é preciso removê-lo imediatamente.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.