A botânica é o ramo da biologia que estuda as plantas. Os cientistas que trabalham no campo da botânica chamam-se botânicos.

A botânica é importante porque as pessoas e os animais dependem em muitos aspectos das plantas, obtendo delas alimento e oxigênio. Também usamos plantas para fazer roupas, materiais de construção, produtos químicos, medicamentos e diversas outras coisas.

Os botânicos costumam se concentrar numa área específica. Alguns descobrem novos tipos de plantas, nomeando-as e classificando-as — ou seja, agrupando-as com plantas semelhantes. Outros botânicos estudam a estrutura e a forma das plantas.

Um grande número de botânicos trabalha como pesquisadores. Alguns deles estudam as doenças das plantas. Outros fazem experiências com elementos químicos contidos nelas. Outros, ainda, tentam desenvolver plantas mais úteis para os seres humanos.

Muitos botânicos estão interessados na preservação da Terra, por isso investigam os efeitos da poluição sobre as plantas. Outros trabalham para proteger espécies raras.

Teofrasto, um pensador grego que viveu entre o final do século IV a.C. e o início do século III a.C., é considerado o fundador da botânica. No século XVIII, o botânico sueco Carl von Linné (ou Lineu, como costuma ser chamado no Brasil) criou um sistema para nomear e classificar as plantas. Cientistas do mundo inteiro usam esse sistema até hoje.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.