Braile, ou braille, é um sistema que permite aos cegos ler e escrever. O método recebeu esse nome em homenagem a seu inventor, o francês Louis Braille.

Invenção

Louis Braille nasceu na França, perto de Paris, no dia 4 de janeiro de 1908, e ficou cego aos 3 anos de idade. Naquela época, os cegos liam tocando com os dedos letras esculpidas na madeira, recortadas em papelão ou moldadas em chumbo. Era um processo difícil e lento que não permitia a escrita. Aos 13 anos de idade, Braille começou a desenvolver um sistema de leitura e escrita usando seis pontos perfurados em um pedaço de papelão.

Braille publicou seu sistema em 1829. Na época, estava lecionando na Escola para Jovens Cegos de Paris. Os alunos desse estabelecimento aceitaram imediatamente o método, mas o mesmo não aconteceu com os professores. Foi somente em 1854, dois anos depois da morte de Braille, que a escola o adotou. A partir de então ele se disseminou lentamente por todo o mundo, sendo adaptado para muitos outros idiomas.

O sistema de Braille

O sistema braile, ou sistema de Braille, é um código de 63 padrões de pontos, chamados caracteres. Cada um deles representa uma letra, uma combinação de letras, uma palavra comum ou um sinal gramatical. A pessoa os lê tocando-os levemente. Quando precedidas de um sinal de número, as dez primeiras letras do alfabeto são lidas como números.

A escrita manual em braile se realiza com ferramentas chamadas prancha e punção. A prancha é composta de duas chapas metálicas, entre as quais se insere uma folha de papel. O punção é um instrumento em forma de caneta usado para pressionar o papel contra buraquinhos da chapa inferior, formando pontos salientes. A pessoa escreve da direita para a esquerda; quando se vira a folha, os pontos salientes ficam voltados para cima e são lidos da esquerda para a direita. O braile também é produzido por máquinas especiais.

O Brasil foi o primeiro país da América Latina a adotar o sistema braile, em 1854, no Imperial Instituto dos Meninos Cegos (atual Instituto Benjamin Constant). Com os anos, a simbologia francesa foi sendo alterada de acordo com a ortografia do idioma português.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.