O cólera é uma infecção do intestino delgado causada pelo vibrião colérico — bactéria em forma de bastonete capaz de provocar enorme perda de líquido.

Transmitida por meio de alimentos ou de água contaminados pelo vibrião, o cólera tem como sintomas principais diarreia constante e vômitos — desidratando o organismo rapidamente. A pessoa infectada tem muita sede e cãibras dolorosas. Se a desidratação não for tratada, o doente pode morrer em poucas horas.

Para tratar o cólera, os médicos receitam a reposição dos fluidos corporais por meio da ingestão de líquidos ricos em sais minerais ou da aplicação intravenosa — diretamente na veia — de soro fisiológico, solução de água e cloreto de sódio capaz de reidratar o organismo rapidamente. Em alguns casos, é preciso tomar antibióticos — medicamentos que combatem a proliferação das bactérias.

O cólera ocorre geralmente em lugares em que o saneamento básico é deficiente — ou seja, onde não há condições mínimas de higiene. Por isso, a melhor forma de se prevenir contra a doença é assegurar o suprimento de água limpa e a manutenção correta dos esgotos. Atualmente, existe vacina contra o cólera, mas milhares de pessoas já morreram em decorrência de epidemias da doença.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.