Cadeia alimentar é a ordem em que os organismos, ou seres vivos, dependem uns dos outros para sua alimentação. Cada ecossistema, ou comunidade de seres vivos, possui uma ou mais cadeias alimentares.

A maioria das cadeias alimentares começa com organismos que geram seu próprio alimento, como as plantas. Os cientistas chamam esses organismos de produtores. Os organismos que comem outros seres vivos são conhecidos como consumidores. Um esquilo que se alimenta de plantas é chamado consumidor primário. Um falcão que come o esquilo e outros consumidores primários é chamado consumidor secundário.

Os decompositores geralmente são o elo final de uma cadeia alimentar. Eles são as bactérias e outros organismos que provocam a decomposição. Quando plantas e animais morrem, os decompositores decompõem seus tecidos. Isso acrescenta nutrientes ao solo, possibilitando o nascimento de novas plantas. Com isso, a cadeia alimentar recomeça.

Uma rede alimentar é um grupo de cadeias alimentares no interior de um ecossistema. A maioria dos seres vivos se alimenta de mais de um tipo de animal ou planta. Assim, suas cadeias alimentares se sobrepõem e se interligam. Por exemplo, o falcão que comeu o esquilo pode também se alimentar de peixes. Isso leva o falcão a ser integrante de duas cadeias alimentares, ou seja, de uma rede alimentar.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.