Cana-de-açúcar é a planta mais usada na fabricação de açúcar e álcool. Originária do sudeste asiático, pertence à família botânica Poaceae, da qual fazem parte o milho, o sorgo, o arroz e outras gramíneas. No Brasil são utilizadas inúmeras variedades de cana, de acordo com a região de plantio.

A cultura da cana data da Antiguidade e provavelmente se originou no que hoje é a Nova Guiné. Seu cultivo se espalhou ao longo das rotas de migração humana pelo sudeste asiático, a Índia e a Polinésia. A tecnologia para a fabricação de açúcar, pressionando o caldo de cana e fervendo-o até obter os cristais de açúcar foi desenvolvida em cerca de 500 a.C., na Índia.

O cultivo da cana chegou na Europa na Idade Média, quando a planta foi levada pelos árabes que conquistaram a Espanha. Cristóvão Colombo levou mudas de cana para as Índias Ocidentais, onde prosperou no solo e clima favoráveis.

No Brasil, a cana-de-açúcar foi introduzida no Nordeste pelos portugueses no século XVI, por volta de 1530. Houve um período na história do Brasil em que o plantio da cana-de-açúcar era a principal atividade econômica. Os engenhos de açúcar eram as propriedades agrícolas onde se cultivava a cana. A estrutura política e social do Brasil colônia estava atrelada à cultura canavieira. Esse período ficou conhecido como Ciclo do Açúcar.

Hoje a cana-de-açúcar é cultivada em várias regiões do país, especialmente no estado de São Paulo. Em outros países, como a Índia, a China e a Austrália, também existem grandes plantações, mas o Brasil é o maior produtor de cana e o líder mundial no desenvolvimento tecnológico do setor sucroalcooleiro (cana, açúcar e álcool).

O álcool combustível (etanol) extraído da cana é usado nos automóveis brasileiros desde os anos 1970. Ele tem vantagens sobre a gasolina por ser energia renovável e por reduzir a poluição. A cana também serve para fabricar biodiesel e produtos alcoolquímicos, que podem substituir com vantagem os petroquímicos (derivados do petróleo), principalmente por poluir menos.

O caldo de cana (garapa) gelado é uma bebida refrescante e natural. A destilação da garapa produz a cachaça. O rum é obtido do melaço, um subproduto da fabricação do açúcar.

O cultivo da cana-de-açúcar em grande escala muitas vezes provoca danos ambientais e problemas sociais. Pesquisas científicas e medidas governamentais têm contribuído para minimizar esses efeitos, com o aumento da produtividade, a restrição do plantio a determinadas áreas, a mecanização das lavouras e a melhoria das condições de vida dos trabalhadores no campo.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.