O canguru é um animal que se desloca saltando com as patas traseiras. Pertence ao grupo de animais chamados marsupiais, cuja característica é carregar os filhotes numa bolsa do próprio corpo. Existem mais de cinquenta espécies de cangurus, e as que têm animais menores são chamadas de ualabis.

Os cangurus são encontrados na Austrália e em regiões próximas desse país. A maioria deles vive em pastagens, mas existe uma espécie que fica nas árvores.

Seu pelo é quase sempre macio, lanoso. Pode ser cinza, marrom, vermelho ou cinza-azulado. Algumas espécies têm listras na cabeça, nas costas ou na parte superior das patas.

Um canguru chega a medir 1,80 metro de altura e a pesar 90 quilos, embora alguns sejam bem menores. Suas patas traseiras, compridas e fortes, são próprias para dar o impulso para o salto. Há aqueles que são capazes de saltar uma distância de 9 metros, equilibrando-se com a cauda comprida e grossa. As patas dianteiras, bem mais curtas, são usadas de modo muito semelhante aos braços dos seres humanos, inclusive para lutar ou para agarrar os inimigos.

A fêmea do canguru costuma ter um filho a cada ano. Assim que nasce, o filhote se arrasta até uma bolsa existente na barriga da mãe; ali ele encontra o mamilo para alimentar-se do leite materno e se desenvolver. Depois de muitas semanas na bolsa da mãe, ele dá umas saídas, pouco a pouco, para aprender a saltar e procurar alimento. Entre os 7 e os 10 meses de idade, torna-se apto a deixá-la para sempre.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.