Carrapatos e ácaros são animais minúsculos existentes no mundo inteiro. Da mesma família das aranhas, muitos deles são parasitas, ou seja, vivem sobre outros animais chamados hospedeiros ou até dentro deles.

Alguns carrapatos têm mais de 2,5 centímetros de comprimento, mas a maioria é bem menor. O corpo pode ser duro ou mole. A maioria dos carrapatos duros vive no campo ou em matas. Os carrapatos moles geralmente vivem na morada ou no ninho do hospedeiro.

Os ácaros vivem na água, no solo, em plantas e como parasitas de animais. Alguns são tão pequenos que só podem ser vistos ao microscópio. Outros atingem 6 milímetros de comprimento.

Os carrapatos e os ácaros se desenvolvem em estágios, iniciando por um ovo até chegar à forma adulta. Os carrapatos duros iniciam e finalizam cada estágio no chão. No fim de cada estágio, eles se fixam em um hospedeiro, que pode ser um roedor, um cão ou uma pessoa. Então sugam o sangue do hospedeiro por alguns dias e caem no chão. Eles podem passar meses sem comer, à espera de outro hospedeiro.

Os carrapatos e os ácaros podem ser muito nocivos, pois espalham doenças entre pessoas, animais e plantas. O carrapato do cervo, por exemplo, é portador da borreliose de Lyme. Carrapatos duros também podem inocular substâncias tóxicas asfixiantes que paralisam ou matam o hospedeiro. Alguns ácaros causam coceira e outros problemas na pele.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.