Durante muitos séculos, os castelos ofereceram tanto proteção como moradia para os reis, para a nobreza e, às vezes, para as pessoas comuns. As fortificações, ou defesas militares, construídas no castelo, eram separadas do palácio. Em geral, um palácio é uma moradia grande de um rei ou de um nobre. A maior parte dos castelos foi construída na Europa entre os séculos VII e XV, durante o período conhecido como Idade Média. Mas também foram construídos castelos no norte da África, no oeste da Ásia, na Índia e no Japão.

Castelos murados

Entre os primeiros tipos de castelo que se conhece existiu um que era construído sobre uma colina (colina é uma montanha pequena) e que tinha um pátio interno ao ar livre. A torre do castelo, protegida por um muro e geralmente feita de madeira, ficava no topo da colina. Abaixo dela ficava uma área com outras construções, cercada pelo mesmo muro que se estendia para proteger a torre sobre a colina. As construções que ficavam no pátio eram as oficinas e os estábulos. Uma vala chamada fosso rodeava a colina, protegendo-a, e às vezes também dava a volta no muro.

Castelos posteriores

Ao longo do tempo, os castelos ficaram cada vez mais resistentes. No começo do século XII, os construtores passaram a usar cada vez mais pedra em vez de madeira. Um castelo típico de pedra era circundado por um fosso. Os muros mais importantes da maioria dos castelos eram muito grossos — às vezes tinham mais de 4,6 metros. Mecanismos especiais de defesa bloqueavam a entrada. Uma ponte levadiça colocada sobre o fosso podia ser suspensa para encobrir e proteger o portão de entrada. Em frente a este último ficava uma pesada grade de ferro que descia de uma incisão esculpida na pedra e podia ser colocada no lugar rapidamente. Mais para dentro ficava um grande portão.

No lado de dentro da muralha havia uma estrutura chamada fortaleza, ou torre de menagem. Ela substituía a torre dos primeiros castelos, que costumava ficar na colina. Era a parte do castelo maior e mais segura. Algumas fortalezas consistiam em um edifício alto. Outras tinham o formato de um muro alto que abrigava vários prédios. Nos primeiros castelos de pedra, a fortaleza tinha tudo o que fosse necessário para resistir a um cerco prolongado. Durante o cerco (também chamado de assédio, ou sítio), os inimigos acampavam do lado de fora e não permitiam que ninguém entrasse nem saísse. Nos castelos construídos mais tarde, porém, por motivos de segurança, a fortaleza tornou-se um lugar para buscar refúgio depois que todas as outras defesas tinham fracassado.

No fim do século XIII, um novo projeto de castelo começou a ganhar espaço: o castelo concêntrico. Seus muros formavam um quadrado e eram ocupados por torres redondas, distribuídas em intervalos regulares. No lado de dentro, havia outro muro, com torres maiores. Nesse muro interno também ficava o portão principal, que abrigava a chamada casa da guarda. Os alojamentos e outros edifícios ficavam no espaço delimitado pelo muro interno. A torre de menagem deixou de existir, uma vez que as torres dos muros interno e externo eram suficientes para a defesa do castelo.

Declínio dos castelos

Os castelos perderam sua utilidade no final da Idade Média. Grandes armas de fogo que haviam sido desenvolvidas naquela época podiam lançar balas de canhão sobre as paredes de um castelo ou através delas. Cerca de 1.500 fortes nas fronteiras dos domínios reais substituíram os castelos como defesas militares e os soberanos passaram a morar em palácios ou mansões. Alguns castelos ainda permanecem nos dias de hoje e são atrações turísticas muito visitadas.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.