A cauda, ou rabo, é um prolongamento na parte posterior do corpo de muitos animais. Naqueles que têm espinha dorsal, a cauda é uma extensão da espinha e tem ossos. Em animais sem espinha dorsal, a cauda não possui ossos.

A cauda da maioria dos animais tem utilidades, como, por exemplo, ajudá-los a se movimentar. Quando o macaco circula pelas árvores, seu rabo se agarra aos galhos, evitando que ele caia. A cauda do esquilo lhe dá equilíbrio e direção quando ele pula no ar. Muito sensível, a ponta da cauda da toupeira a ajuda a recuar rapidamente em túneis. As caudas de lagostas, peixes e baleias os impulsionam na água. O rabo do cavalo espanta moscas.

Certos animais usam a cauda como arma. Crocodilos e jacarés atacam os inimigos com sua cauda forte e pesada. O porco-espinho tem espinhos afiados na ponta da cauda. O lêmure impregna seu rabo anelado e peludo com um cheiro fedido e depois o sacode na direção de outros lêmures. O escorpião pica inimigos ou presas com sua cauda.

Muitos animais também usam a cauda para se comunicar. A cascavel balança a cauda em sinal de advertência quando se sente ameaçada. O pavão macho abre a cauda e exibe suas longas penas para mostrar que é forte e saudável e, assim, atrair as fêmeas. E os cachorros abanam o rabo para dizer que são amigáveis e estão contentes.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.