A cevada é um cereal de grande valor nutritivo. Os cereais são plantas da família das gramíneas que produzem sementes comestíveis.

A cevada provavelmente começou a ser cultivada em tempos remotos, na Etiópia e no sudeste da Ásia. Hoje seus principais produtores são a Rússia, o Canadá e a Alemanha.

A planta da cevada atinge de 30 centímetros a 1,20 metro de altura. Ela tem folhas estreitas e compridas e caule fino. Na extremidade dos caules há estruturas chamadas espigas, que produzem pequenas flores. Essas flores transformam-se em grãos. Cada espiga produz de duas a seis fileiras de grãos, dependendo do tipo de planta.

Cerca de metade da cevada produzida no mundo é dada como alimento ao gado. O restante é empregado na alimentação humana e na produção de malte. O malte, usado principalmente na fabricação da cerveja, é obtido quando a cevada é imersa em água e depois secada com ar quente. Uma variedade de cevada conhecida como cevadinha é bastante empregada em sopas e outras receitas frias ou quentes. Da cevada também se faz farinha, usada em pães e mingaus. Os caules da planta são utilizados em fazendas como forração de currais e alimento para os animais.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.