Os ciprestes são árvores e arbustos sempre-verdes. Há cerca de 20 espécies de cipreste, as quais crescem em áreas quentes da Europa, Ásia e América do Norte.

Os ciprestes podem ter até mais de 25 metros de altura. Alguns têm forma de pirâmide e outros de colunas altas. Às vezes, a casca do tronco é lisa, mas geralmente forma placas ou tiras. As folhas pequenas e sobrepostas parecem escamas cobrindo os ramos.

Os ciprestes pertencem a um grande grupo de plantas chamado coníferas, pois produzem cones que contêm suas sementes. Em geral arredondados, os cones do cipreste têm um revestimento lenhoso ou semelhante ao couro.

Como resiste ao apodrecimento e a pragas, a madeira do cipreste é usada para fazer cercas, diques e outras estruturas a céu aberto. Os ciprestes também são plantados em jardins e parques, e alguns tipos são vendidos como árvores de Natal.

Apenas as plantas do grupo científico cypressus são ciprestes verdadeiros, embora outras árvores também sejam conhecidas pelo mesmo nome. Os falsos diferem dos verdadeiros porque têm cones menores e com menos sementes. Os ciprestes-calvos, que crescem em áreas pantanosas e quentes no sul da América do Norte, são conhecidos por seus “joelhos” cheios de calombos, os quais integram seu sistema de raízes.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.