Os cogumelos são uma forma comum de fungo que cresce em todo o mundo, em bosques ou em áreas recobertas de grama em que haja muita umidade. Alguns tipos de cogumelo são consumidos como alimentos, mas outros são tóxicos. Os cogumelos tóxicos podem provocar doenças graves ou até levar à morte. As pessoas nunca devem colher nem consumir cogumelos que crescem espontaneamente na natureza, a não ser que estejam acompanhadas de um especialista que saiba quais tipos são comestíveis.

A parte maior do cogumelo cresce debaixo da terra, em filamentos minúsculos que parecem fios. Os filamentos formam um emaranhado chamado micélio. A forma conhecida do cogumelo é a parte do fungo que cresce acima da superfície do solo.

Os cogumelos variam em suas cores e formas. O tipo mais comumente cultivado é o cogumelo-de-paris, popularmente chamado de “champinhom”, que se parece com um pequeno guarda-chuva branco. Ele é formado por um caule e um “chapéu”. Muitas pessoas, por não conhecerem outros, pensam que o champinhom seja o único tipo de cogumelo verdadeiro. Mas outros fungos que crescem na terra ou em troncos de árvores, ou ainda em outras superfícies, também são chamados de cogumelos. Eles podem ser vermelhos, amarelos, lilases, azuis de tons prateados, rosados, cor de laranja, verdes, marrons ou pretos. Podem ter formas diferentes: alguns têm formato de bola de golfe, enquanto outros se parecem com funis, sinos, estrelas, um ninho de passarinhos, um favo de mel ou um pedaço de coral.

A porção do cogumelo que cresce acima da terra é a parte reprodutiva, que produz milhões de partículas minúsculas chamadas esporos. Quando os esporos são liberados, eles iniciam a geração de um novo micélio no lugar em que vão parar. Nos cogumelos-de-paris, os esporos saem de muitas lâminas amarronzadas, chamadas lamelas, que se amontoam debaixo do chapéu.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.