Uma colônia é um assentamento em território estrangeiro formado por pessoas provenientes de determinado país. Essas pessoas reivindicam a nova terra para seu país de origem, que passa então a ter poder sobre ela. A prática de estabelecer colônias é chamada de colonialismo.

Um país que tem muitas colônias forma um império. A sede do império é a metrópole. Até a década de 1950, um pequeno grupo de países europeus tinha numerosas colônias em diversos continentes. Porém, as populações coloniais, recorrendo muitas vezes à guerra, conquistaram a independência em relação a essas metrópoles. Atualmente existem poucas colônias.

Tipos de colônia

As colônias em geral se dividem em dois tipos: colônias de povoamento e colônias de ocupação. As colônias de povoamento se formavam em lugares pouco habitados. Cidadãos comuns se mudavam para esses lugares, passando a cultivar a terra e estabelecendo pequenos negócios. As colônias que os ingleses e outros europeus fundaram na América do Norte, por exemplo, eram colônias de povoamento. A colonização do Brasil também é considerada de povoamento.

As colônias de ocupação eram formadas por meio do uso da força militar. Um país conquistava um território, e algumas poucas pessoas desse país, geralmente de famílias ricas, se mudavam para lá, a fim de controlar a área conquistada. A Índia, que foi dominada pela Inglaterra do século XIX até 1947, é um exemplo de colônia de ocupação.

Interesses econômicos e militares

A principal motivação para a criação de colônias era o lucro. Os países colonialistas tinham o monopólio sobre o comércio com suas colônias e exploravam os recursos naturais desses territórios. Tais recursos incluíam pedras preciosas, metais, madeira e peles de animais.

As colônias também tinham importância estratégica, garantindo poder militar em áreas distantes da metrópole. Bases para o exército e a marinha de guerra costumavam ser montadas nas colônias.

Alguns assentamentos, chamados colônias penais, foram criados para servir de presídios. A Grã-Bretanha, por exemplo, iniciou o povamento de algumas regiões da Austrália enviando para lá pessoas criminosas.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.