Um congelador é um aparelho frigorífico que permite obter temperaturas ao redor de -18°C, sendo usado para congelar e conservar produtos. Também pode ser um compartimento de uma geladeira.

A conservação de alimentos em congelador é uma forma excelente de preservar sua qualidade nutritiva. Em temperaturas de congelamento, a perda de nutrientes é extremamente baixa para o período de conservação habitual de comida congelada, utilizado para fins comerciais.

História

Os primeiros métodos de congelamento eram baseados no princípio de que o sal misturado com gelo resulta em temperaturas muito abaixo de 0°C. Por volta do final do século XIX, esse método estava sendo usado comercialmente nos Estados Unidos para congelar peixe e frango.

Na década de 1920, o americano Clarence Birdseye desenvolveu dois processos para congelar peixe baseados nessa teoria de congelamento rápido. Sua primeira patente, descrevendo um método para preservar os produtos pesqueiros, previa colocar a comida entre duas lâminas de metal esfriadas por uma solução de cloreto de sódio até atingir cerca de -40°C.

Com o aparecimento dos freezers domésticos, ficou facilitado o trabalho no lar, pois é possível cozinhar quantidades maiores de vários alimentos, num mesmo dia, e estocá-los congelados para o momento do consumo.

Os processos

No congelamento de alimentos a temperatura é reduzida para menos de 0°C. Isso leva à conversão gradual da água, presente na comida, em gelo. O tamanho e o número de cristais de gelo pesam sobre a qualidade final de muitas comidas congeladas; por exemplo, a textura macia do sorvete indica a presença de um número elevado de pequenos cristais de gelo.

Na água pura, o processo de congelamento se inicia com a queda da temperatura para pouco menos de 0°C, chamada super-resfriamento. À medida que os cristais de gelo começam a crescer, a temperatura volta para o ponto de congelamento.

O congelamento de alimentos tem muitas diferenças importantes em relação ao da água pura. Os alimentos não congelam a 0°C. Ao contrário, devido à presença de diferentes partículas solúveis (solutos) na água presente na comida, a maioria dos alimentos começa a congelar a uma temperatura entre 0° e -5°C. Os prejuízos à qualidade dos alimentos durante o congelamento podem ser minimizados se a temperatura do produto for reduzida de modo a ficar abaixo da variação de -1° e - 4°C o mais rapidamente possível.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.